FACES OCULTAS CIA. DE DANÇA completa 24 anos de existência

Um exemplo de ação cultural aplicado ao trabalho da Dança a ser seguido.

FACES OCULTAS CIA. DE DANÇA completa 24 anos de existência

O Faces Ocultas Cia. de Dança completa neste mês de maio, 24 anos de existência. Companhias de dança com esse tempo de duração não são comuns nem nas grandes cidade, o que torna o feito do genial coreógrafo Arinton Assunção um feito ainda maior. Burlando a falta de apoio, ele mantem há vários anos não só a companhia principal mas também um grupo experimental, cujo trabalho é preparatório para a principal e também um projeto denominado 'Primeiros Passos', onde seus integrantes são preparados para a cia. experimental. Além disso ainda mantem a Faces Ocultas Escola de Dança. É muito raro neste Brasil, encontrarmos pessoas com a persistência do Arilton Assunção, que agregou a ação cultural ao seu trabalho, através da arte de ensinar e promover a dança em Salto.

Para comemorar essa data, o Faces Ocultas irá transmitir espetáculos concebidos por alguns de seus coreógrafos que fizeram ou fazem parte da companhia, contribuindo com sua arte e talento na construção de sua história.


Confira a programação e os links:

22 de maio, às 20h:

Link: https://youtu.be/1hTqYqO3_Lk

"É preciso inundar o corpo de ar e luz" de Neyde Rossi (2017).

"Casa Vazia", de Francisco Silva (2014).


23 de maio, às 20h:

Link: https://youtu.be/xal5RDD8Fuo

"Toada das sete luas" de Felipe Chepkassoff (2013).

"Traspasos" de Naty Fuster (2013).

As transmissões serão realizadas por meio do canal no YouTube: FACES OCULTAS CIA.

https://www.youtube.com/channel/UC__6qACRHfYRohfFkdAZpMQ