Trem Republicado

Prefeitura de Itu, por precaução, requisita dez reservat√≥rios particulares

Decreto é uma medida preventiva, feita de forma recorrente durante períodos de estiagem

Por Wellington Caposi em 21/08/2023 às 16:06:57

Um decreto publicado pelo prefeito de Itu, Guilherme Gazzola, nesta segunda-feira, 21, determina a "requisição administrativa" de 10 reservatórios particulares de √°gua bruta no munic√≠pio. O documento permie a requisição seja v√°lida apenas em "situações de iminente perigo p√ļblico", e assegura a indenização ao propriet√°rio se houver dano.

Segundo nota da Prefeitura Municipal da Est√Ęncia Tur√≠stica de Itu, o decreto é apenas preventivo, feita de forma recorrente durante per√≠odos de estiagem. A administração municipal informa que as vazões dos mananciais e os n√≠veis das represas que abastecem a cidade estão sendo monitorados constantemente e que isso permite ações sejam aplicadas no momento certo com a premissa de afastar qualquer possibilidade de desabastecimento e ainda destaca que não haver√° rod√≠zio no abastecimento de √°gua em 2023.


Atualmente os n√≠veis das represas que abastecem a cidade estão em 78,1%. Os Sistemas Mombaça e Pirajibu, inaugurados pela Companhia de Saneamento de Itu (CIS) em 2018 e 2020, respectivamente, seguem com 100% de suas capacidades. J√° o sistema São Miguel est√° com 85% de sua capacidade; do São Miguel/Varejão, também com 85%; do São Jos, 90%; do Taquaral/Pirapitingui,75%, do Gomes; 70%, do Braiai√°, 60%; e do Itaim, 40%.

Embora a cidade esteja em equil√≠brio h√≠drico com investimentos em captações de √°gua bruta que não dependem diretamente da recarga das chuvas, a CIS destaca que a solução definitiva ser√° obtida apenas com a inauguração do novo Sistema Utu-Guaçu, prevista para o in√≠cio de 2024.

Comunicar erro
Fale conosco

Coment√°rios

TT003