O Café Colonial na Terra de Gigantes, em Salto

Descobrir o que nossa estância oferece é algo muito prazeroso

O Café Colonial na Terra de Gigantes, em Salto

Passeios e refeições ao ar livre, cachoeiras, trilhas, animais e nada de aglomeração. Com esses atrativos, o Turismo Rural voltou a ganhar força em nossa região. Um legado interessante da pandemia foi olhar a nossa cidade sob uma nova perspectiva. Com as restrições de viagens, desbravar o nosso território é uma opção confortante. Desde 7 de Setembro, primeiro feriado com medidas de isolamento menos rígidas no estado de São Paulo, os estabelecimentos e empresas do setor estão registrando uma procura cada vez maior por restaurantes e atividades ecoturísticas. O cenário já é bem diferente do início da pandemia. Destinos rurais, conectados com a natureza, deve aumentar o turismo de agora em diante. A expectativa deste setor é de que as pessoas passem a procurar por destinos curtos - de 50km a 300km - que possam ser realizados por famílias, em seus carros particulares. Agora, com regras mais flexíveis e um retorno gradual de outras atividades da economia, o Turismo Rural deve se consolidar como tendência para atrair um novo perfil de turista.

A fazenda...

Os irmãos Jorge e Cesário Abumussi se instalaram na Fazenda Ituaú na década de 1970 e desde aquela época a fazenda foi pensada como uma evolução da agricultura em nossa cidade. A família Abumussi começou produzindo em campo aberto e hoje, seus filhos Cyro e Marcelo, com a tecnologia adquirida, passaram parte desse cultivo para estufas agrícolas, garantido assim uma maior qualidade, sanidade, padrão e beleza nos produtos oferecidos. O projeto das estufas teve início no ano de 1991, com a construção de uma estufa de 200 m² e passados 14 anos, a fazenda já tinha 96 estufas produzindo, numa área de 30 mil metros quadrados.


Pimentão com oito cores diferentes, vários tipos de tomates, berinjelas coloridas, pepinos com e sem sementes, mini-legumes, algumas mini-frutas e uma grande variedade de pimentas cultivadas em todo o mundo. Era bonito de se ver. Uma verdadeira salada de cores e sabores. Os irmãos Marcelo e Cyro estavam convictos que, tanto o pai quanto o tio (já falecidos) ficariam orgulhosos de ver a produção superior a 3 toneladas mensais de produtos de extrema qualidade.


Mas, em 2015, um vendaval destruiu 90% das estruturas dessa produção. A grande maioria das estufas ficaram todas no chão, com uma perda total na produção desses legumes. Como desistir não está no roteiro desses jovens irmãos, começaram tudo novamente do zero. Já em 2016, os Abumussi reconstruíram boa parte dessas estufas, e aos poucos continuam crescendo! A fazenda ainda mantém parcerias com empresas, universidades e institutos do setor agro, buscando desenvolver novas tecnologias para oferecer aos produtores. Hoje, a Fazenda Ituaú conta com perto de 20 estufas para a produção de pequenas hortaliças e legumes, que são comercializadas e entregues a 80 clientes, entre supermercados, restaurantes e empórios.


Sua maior dificuldade ainda hoje está na compra de sementes, quase sempre provenientes da Holanda, do Japão e dos Estados Unidos. Elas representam de 15% a 50% do custo total de produção. Dependendo da variedade, um pacote de 250 gramas de sementes de tomates chega a um valor que varia entre U$ 80 a 1000 dólares. Já apenas sete gramas de sementes de berinjela americana, tipo 'minibaby bell', que mais parece uma jabuticaba, não custa menos que U$ 35 dólares.


O Café Colonial na 'Terra de Gigantes'...

Aqui em nossa cidade, a Fazenda Ituaú, que antes da pandemia já praticava Turismo Pedagógico, abriu agora suas porteiras para um delicioso 'Café Colonial' com mais de 40 opções de pratos doces e salgados para degustar. O roteiro "Terra de Gigantes", ainda está à espera de um momento ideal para seu retorno. Mas certamente irá retornar. Por hora, a família Abumussi oferece um delicioso café com pães caseiros; de torresmo; de batata; de cenoura; tipo francês; integral; pão de queijo; torradas; torta de frango e/ou de presunto e queijo; salsicha em molho; ovos mexidos com bacon; requeijão; manteiga; geleias; goiabada; presunto; queijos prato. branco e meia cura; mortadela; peito de peru; bolinha de queijo; coxinha; quibe; bolo de cenoura; bolo de laranja; bolo formigueiro; bolo de chocolate; doce de leite; doce de abóbora; arroz doce; frutas da época; cereais; iogurte; bolachinhas doces; café preto e/ou cremoso; leite; chocolate quente; chás e dois tipos de suco natural. Tudo fresquinho e muito gostoso. Assim a Fazenda Ituaú recepciona o turista na fazenda aos domingos.


Depois desse delicioso café colonial, um passeio monitorado pela fazendinha, vivenciando galinhas, coelhos, vacas, bois, bezerros, carneiros, patos, cavalos, peixes e muitos outros animais. Há também vários brinquedos para a criançada, tirolesa, minhocário, um labirinto e ainda um pequeno lago com peixes regionais. Tudo pode ser observado à sombra das belas árvores que cercam o local. Pais, avós e crianças se divertem no local. Também no roteiro a visita às estufas para conferir a produção de hortaliças e legumes. Na lojinha, existente no local, além dos legumes produzidos na fazenda, a fazenda Ituaú também oferece molhos de pimentas, bolachinhas, doces caseiros e souvenir para as crianças. Além disso também estarão à venda cervejas, refrigerantes, água e sorvetes.


O "Café Colonial" está disponível a todos os interessados aos sábados e domingos, das 8h30 às 12h30, com atividades monitoradas em horários agendados para um melhor aproveitamento desse tempo. Devido ao momento atual, estamos trabalhando com apenas 40% da nossa capacidade e com todos os protocolos necessários para garantir a segurança dos nossos visitantes, sendo permitido o acesso apenas para quem fez a reserva com antecedência.


Para adultos, adolescentes e crianças acima de 10 anos o custo é de R$ 45 reais. Crianças de 5 a 10 anos, R$ 35 reais e para crianças com idade menores que 5 anos, a entrada é gratuita. O pagamento deve ser feito por transferência bancária e o comprovante será o seu ingresso para o "Café Colonial" na Terra de Gigantes. O estacionamento é gratuito e a duração do roteiro é de aproximadamente 2h30.


Recomenda-se que crianças estejam usando bonés, protetor solar e como estamos em uma fazenda, algum tipo de repelente. Será obrigatório também para todos os visitantes o uso de máscara e álcool em gel. Mais detalhes podem ser obtidos pelo whatsApp (11) 99360.8808, diretamente com Marcelo Abumussi.