Estelionatário é preso em Indaiatuba após aplicar golpe de R$ 60 milhões de reais em mais de 500 pessoas em Belém

Olavo Renato Martins Guimar√£es, apontado como chefe do esquema, foi preso na casa dele em Indaiatuba.

Estelionatário é preso em Indaiatuba após aplicar golpe de R$ 60 milhões de reais em mais de 500 pessoas em Belém

Representante de uma empresa de investimentos, suspeita de aplicar golpes em mais 500 clientes em Belém, foi preso na manh√£ desta quinta-feira, 12, em S√£o Paulo, na segunda fase da "Opera√ß√£o Wolf" da Pol√≠cia Civil do Par√°. Foram cumpridos mandados de pris√£o e busca e apreens√£o em desfavor do acusado dos crimes de estelionato, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e associa√ß√£o criminosa. Segundo levantamento da PC, a empresa é respons√°vel por esquema de movimenta√ß√£o de R$ 60 milh√Ķes de reais em fraudes. A pris√£o do empres√°rio Olavo Renato Martins Guimar√£es, apontado como chefe do esquema, foi em de Indaiatuba, os agentes da PC do Par√°, com apoio da pol√≠cia paulista, chegaram à resid√™ncia dele no in√≠cio da manh√£.

De acordo com o delegado-geral da PC do Par√°, Walter Resende, foi representado à Justi√ßa o bloqueio de bens da associa√ß√£o criminosa, no valor de R$ 43 milh√Ķes de reais. O valor pertencia às v√≠timas lesadas. "Nossa expectativa é que esse montante seja devolvido aos investidores", afirma. O preso foi levado para a sede da Pol√≠cia Civil em S√£o Paulo e, após os procedimentos cab√≠veis, ele deve ficar à disposi√ß√£o da Justi√ßa do Par√°.