Trem Republicado

Salto participa da 2┬¬ etapa do Programa de Regionalização da Sa├║de do Estado de São Paulo

Aconteceu nesta terça-feira (20), em Sorocaba, a 2┬¬ etapa do Programa de Regionalização da Saúde em todo o Estado de São Paulo.

Por Tom Luiz em 21/02/2024 às 13:08:42

Aconteceu nesta terça-feira (20), em Sorocaba, a 2ª etapa do Programa de Regionalização da Saúde em todo o Estado de São Paulo. O evento teve sua programação das 8h30 às 17h, no Auditório da UNIP – Universidade Paulista e contou com um grande público entre Secretários e representantes dos municípios na pasta da Saúde.

A cidade de Salto esteve representada pela Chefe de Gabinete da Secretaria de Saúde, Cristiana Azevedo, e pela Gestora de Atenção Básica, Leila Lobo de Oliveira.

O objetivo do evento é pactuar os procedimentos necessários para cada região, em conjunto com todos os municípios, por meio de um termo de acordo e compromisso. Essa ação visa otimizar os recursos provenientes da nova Tabela SUS Paulista, que destina investimentos adicionais de aproximadamente R$ 2,8 bilhões anuais em Santa Casas e entidades filantrópicas.

Durante essa nova fase, o "Gabinete 3D – Saúde" será levado a 12 municípios paulistas, contando com a participação do secretário de Estado da Saúde, Eleuses Paiva. O projeto envolve encontros entre secretários estaduais e gestores municipais para melhorar os serviços de saúde oferecidos à população e definir políticas públicas mais eficazes.

"É importante a promoção do diálogo e desenvolvimento na gestão pública, especialmente na área da saúde, pois em muitas demandas dependemos de resolutividade do Estado, visto que o município de Salto atende baixa e média complexidade", enfatiza Márcio Conrado – Secretário Municipal de Saúde.

Conheça o Projeto

Lançado em abril de 2023, em colaboração com o Cosems (Conselho de Secretários Municipais de Saúde) e com o apoio da Opas (Organização Pan-Americana da Saúde), o Programa de Regionalização da Saúde do Estado de São Paulo visa reduzir desigualdades, aumentar a eficiência do gasto público, ampliar a oferta de serviços e reduzir filas e distâncias para atendimento.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Comunicar erro
Fale conosco

Comentários

TT003