Redução no preço da passagem de ônibus em Salto entra em vigor nesta sexta-feira

Gratuidade aos domingos e feriados porém, somente em Outubro. Medida poderia ser implementada para que a população prestigiasse a Festa do Salto, mas não vai rolar.

Redução no preço da passagem de ônibus em Salto entra em vigor nesta sexta-feira

Foi divulgado no Diário Oficial do Município de Salto uma mudança no preço das passagens de ônibus entrará em vigor a partir do dia 1º de setembro. No entanto, essa medida tem gerado debates e questionamentos por parte da população. A tarifa de ônibus, que antes estava fixada em R$ 4,20, será reduzida para R$ 3,80, de acordo com o comunicado oficial. Além disso, a tarifa para estudantes será de R$ 1,90, e o valor do vale-transporte será de R$ 4,20. No entanto, mesmo com essa aparente redução, alguns cidadãos têm expressado insatisfação diante das mudanças, principalmente em razão do subsídio implantado recentemente.

O subsídio foi aprovado pela Câmara Municipal, e a Prefeitura alega que a apuração dos valores será conduzida por uma empresa contratada pelo município, garantindo transparência no processo. No entanto, algumas dúvidas ainda persistem quanto à sustentabilidade financeira dessas mudanças e como elas poderiam impactar outros serviços essenciais para a cidade. Um dos pontos mais benéficos para a população é a implementação da tarifa zero aos domingos e feriados, assim como o passe livre para estudantes do ensino médio a partir de 1º de outubro.

Aqui aparece o primeiro equívoco desta ação: neste final de semana tem início a tradicional Festa do Salto e a tarifa zero poderia ser implementada já, para que a população mais distante pudesse presenciar o evento, mas, isto não aconteceu. É importante considerar também a situação atual do sistema de transporte público em Salto. Com uma média de 361 mil passageiros por mês, o serviço tem a responsabilidade de atender tanto os pagantes quanto os passageiros gratuitos. Essa redução no preço da passagem levanta questões sobre como a qualidade do serviço poderia ser mantida ou melhorada diante das pressões financeiras resultantes.

Portanto, enquanto a administração municipal busca apresentar essas mudanças como positivas para a população, é evidente que a situação é mais complexa do que parece à primeira vista. A opinião pública permanece dividida quanto aos impactos reais dessas alterações, levantando a necessidade de um debate mais amplo e transparente sobre o futuro do sistema de transporte público em Salto.