Bairro São Pedro e São Paulo, em Salto, convive diariamente com a dengue

Segundo fala do vereador morador no bairro, 90% de seus moradores est√° ou j√° teve dengue neste ano. Alguns pela segunda vez.

Bairro São Pedro e São Paulo, em Salto, convive diariamente com a dengue

Em 2022, aconteceram 605 casos de dengue na cidade. Nos primeiros 80 dias de 2023, j√° foram registrados 135 casos da doença, o que corresponde a 22% dos casos registrados em todo o ano passado. O que chama atenção é que as ocorr√™ncias são pontuais como no bairro São Pedro e São Paulo, onde a evid√™ncia da doença é mais abrangente.

O vereador C√≠cero Landim, morador do bairro falou que: "não é um surto, existe aqui uma verdadeira epidemia: 90% dos moradores do bairro est√° ou j√° teve dengue e alguns deles pela segunda vez".

Para a Organização Mundial da Sa√ļde (OMS), surto ocorre quando h√° quando existe um aumento localizado do n√ļmero de casos de uma doença. Uma epidemia, por sua vez, é quando ocorre um aumento no n√ļmero de casos de uma doença em diversas regiões, das cidades ou dos estados, porém sem atingir n√≠veis globais.


Se é surto ou epidemia, o correto seria o Departamento de Vigil√Ęncia Epidemiológica tomar um posicionamento mais efetivo como aplicação de nebulização naquela região. Somente mensagens nas contas de √°gua, comunicação por carros de som, divulgação na internet e redes sociais não matam o mosquito transmissor. É necess√°rio uma ação corretiva para combater o avanço da dengue na cidade. Localizar focos do mosquito Aedes aegypti nas resid√™ncias e tomar provid√™ncias mais efetivas. Notificar e investigar todos os casos suspeitos, de forma cont√≠nua e com aplicação de medidas capazes de controlar ou impedir a proliferação da doença.

Não vamos esperar alguém morrer para tomar as provid√™ncias necess√°rias.