Tenho um cão possessivo: o que fazer?

Confira os motivos que levam um cachorro a ser tornar possessivo e como resolver esse problema.

Tenho um cão possessivo: o que fazer?

Em muitos momentos, seu c√£ozinho é dócil, carinhoso, bem comportado e brincalh√£o. Porém, é só uma pessoa ou outro animal chegar perto do seu brinquedo favorito, comida ou de algum membro de sua fam√≠lia que ele se torna agressivo. Ele rosna, late, avan√ßa e até mesmo ataca quando sente que alguém pode querer tirar algo dele, seja um objeto ou até mesmo a aten√ß√£o de uma pessoa. Todos esses comportamentos caracterizam um cachorro possessivo.

Diversos aspectos podem levar um animal a desenvolver sentimentos excessivos de posse, desde a forma como foi feita a sociabiliza√ß√£o do filhote até fatores genéticos. Mas, com dedica√ß√£o e paci√™ncia, é poss√≠vel corrigir e evitar esse tipo de comportamento.

Raz√Ķes que podem tornar um cachorro possessivo

O comportamento possessivo dos cachorros tem origem em seus ancestrais. Quando viviam livres na natureza, os c√£es precisavam defender seu território e alimentos de outros predadores para conseguirem sobreviver. Sendo assim, uma das raz√Ķes da possessividade de um animal tem origem genética. Desde filhote, é poss√≠vel notar que alguns c√£ezinhos da ninhada s√£o mais dominantes ou submissos, mais medrosos ou mais curiosos, mais possessivos ou mais soci√°veis. Algumas ra√ßas também s√£o mais propensas a terem cachorros possessivos, como golden retriever, jack russell, rottweiler, cocker spaniel e - talvez a ra√ßa mais ciumenta de todas - pinscher.

Outro fator que pode estimular o sentimento de posse no c√£o é a forma como criamos nossos animais. Por exemplo, se o cachorro rosna quando voc√™ chega perto de um brinquedo e voc√™ se afasta, ele pode entender que com esse comportamento ele ir√° evitar que alguém tire o objeto dele. Com isso, ele passa a reproduzir esse comportamento cada vez mais, intensificando sua agressividade.

Como evitar que seu cachorro seja possessivo?

A melhor forma de evitar que seu cachorro se torne um animal possessivo é o educando desde cedo e inibindo esses comportamentos desagrad√°veis. Um bom treino - que serve tanto para filhotes quanto adultos - é oferecer um petisco para o animal sempre que ele estiver com um osso ou um brinquedo. Jogue o petisco perto do cachorro quando ele estiver relaxado e tranquilo ao comer ou brincar, em algum momento que ele n√£o rosne ou reaja negativamente a sua aproxima√ß√£o. N√£o demonstre que voc√™ est√° interessado no objeto que est√° em posse do c√£ozinho. Com isso, ele passar√° a associar a aproxima√ß√£o de outras pessoas como algo agrad√°vel, natural, que n√£o representa amea√ßa.

N√£o tente retirar, à for√ßa, o objeto do cachorro quando ele est√° desconfiado. Isso apenas aumentar√° a inseguran√ßa do animal e pode piorar o problema (voc√™ pode até levar uma mordida). Para inibir a possessividade em rela√ß√£o a um membro de sua fam√≠lia, voc√™ pode utilizar a mesma técnica. Ao se aproximar da pessoa de quem ele tem ci√ļmes, ofere√ßa um petisco quando ele estiver tranquilo. De forma gradativa, aproxime-se mais e mais. Desse jeito ele ir√° compreender que voc√™ n√£o representa riscos. É importante tomar bastante cuidado sempre que for tentar educar um cachorro possessivo, pois eles podem se tornar agressivos de uma hora para outra e acabar te machucando gravemente. Preze sempre pela seguran√ßa. Caso precise de ajuda profissional para solucionar esse problema, entre em contato com a C√£o Cidad√£o e agende uma visita gratuita. Nossos profissionais s√£o capacitados e ficar√£o felizes em ajudar a melhorar sua rela√ß√£o com o seu bichinho.