Equipe de transição defende vacinação imediata contra covid-19 com imunizante bivalente

A maioria dos infectados são adultos acima dos 60 anos. Os especialistas mant√™m a recomendação para o uso de m√°scaras e de √°lcool em gel.

Equipe de transição defende vacinação imediata contra covid-19 com imunizante bivalente

Após encontro com o ministro da Sa√ļde, Marcelo Queiroga, o senador Humberto Costa disse que a equipe de transição aguarda um levantamento do n√ļmero de vacinados e de doses aplicadas no pa√≠s. Segundo o ministro, o Brasil dever√° receber 38 milhões de doses da Pfizer até dezembro, relatou o senador. Ele disse esperar que as remessas sejam da versão bivalente, que oferecem proteção a mais de uma cepa do v√≠rus. Essas vacinas poderão ser priorizadas para quem tem o esquema vacinal completo. Humberto, que foi ministro da Sa√ļde, defendeu uma campanha para imunizar quem tomou apenas uma ou duas doses, além das crianças menores de 6 anos.

Essa vacinação j√° deveria ter começado, embora nós vamos discutir os dados, a cobertura qual é. Mas na verdade ela só se aplica para quem j√° tenha tomado as duas doses de reforço. Então, isso poderia ajudar a debelar esse surto que est√° novamente surgindo com essa nova variante. Então, seria ideal, disse o senador.

Segundo os médicos, os casos graves de Covid-19, que exigem internação, são de pacientes que não tomaram as doses de reforço. Por isso, Humberto Costa defende uma campanha voltada para esse p√ļblico e a oferta do imunizante para crianças. Mas é importante também que possa haver a vacinação de reforço para aquelas pessoas que não tomaram nem terceira nem a quarta dose.

"É também importante que se faça a vacinação das crianças acima de 5 anos de idade e daquele grupo que vai dos 6 meses aos 4 anos de idade. Acho que seria importante que isso pudesse avançar em termos de ampliação dessa cobertura vacinal". completou Humberto Costa

Segundo boletim da Fiocruz, quinze estados e 17 capitais registraram um aumento dos casos de covid nas √ļltimas seis semanas. A maioria dos infectados são adultos acima dos 60 anos. Os especialistas mant√™m a recomendação para o uso de m√°scaras e de √°lcool em gel.