IGATS continua a frente do Hospital Nossa Senhora do Monte Serrat, em Salto

Organização Social já atua na cidade com um contrato emergencial. Novo contrato será de 12 meses

IGATS e Executivo local em visita ao Hospital em Março

IGATS e Executivo local em visita ao Hospital em Março

Depois de 21 meses de muitas críticas, 4 contratos emergenciais e duas Comissões de Inquérito relacionadas a Saúde tramitando na Câmara dos Vereadores, a gestão Laerte Sonsin Jr. concluiu a tão falada licitação "definitiva" da administração do Hospital Nossa Senhora do Monte Serrat. A vencedora foi a Organização Social IGATS - Instituto de Gestão Administração e Treinamento em Saúde, que desde o final de março era a responsável pela gestão do hospital, em um contrato emergencial. O valor do contrato é de R$ 78 milhões de reais por 12 meses, cerca de R$ 6.5 milhões por mês. O valor é R$ 1.6 milhões a mais do que ela recebe atualmente quando apresentou uma proposta de quase R$ 5 milhões mensais.

DEFINITIVA: Apesar de o termo ser costumeiramente utilizado e criar confusão, o contrato será de 12 meses, com possibilidade de renovação por outros períodos