Vinhedo define multa para quem molhar jardim ou lavar calçada

Saneamento Básico de Vinhedo ainda pode usar lagos particulares de condomínios para garantir abastecimento de água na cidade.

Vinhedo define multa para quem molhar jardim ou lavar calçada

"Moradores de Vinhedo ficam proibidos de utilizar água para finalidades que não sejam essenciais, entre elas aguar gramados ou jardins, manter abertos ou ligados indevidamente torneiras, caixas d"água, reservatórios ou mangueiras que desperdicem água de forma contínua, assim como lavar veículos, calçadas, ruas, varandas, pátios ou quintais", resumiu a prefeitura municipal de Vinhedo, em nota oficial.

Além da punição, o decreto também autorizou a autarquia Saneamento Básico de Vinhedo (Sanebavi) a requisitar recursos hídricos particulares, como imóveis que possuem lagos, nascentes e outras formações aquíferas superficiais ou subterrâneas, para garantir o abastecimento "em caso de agravamento da estiagem".

Chuvas abaixo da média:

Segundo a prefeitura de Vinhedo, o decreto é amparado na necessidade de gerar políticas em meio ao período de seca e da previsão de poucas chuvas. Uma das referências é o Sistema Cantareira, principal reservatório de abastecimento da região, que opera atualmente com 39,7% de volume útil reservado.

"O período de estiagem tem se intensificado, colocando os municípios em alerta para a possibilidade de uma seca ainda mais severa para todo Estado de São Paulo em 2022. Com expectativa de poucas chuvas para este trimestre, média de 47 milímetros de precipitação conforme previsão, e com os históricos de vazões dos rios abaixo da média, o Decreto da Operação Estiagem foi publicado em Vinhedo em 8 de julho", afirmou a prefeitura em nota oficial.

Nos seis primeiros meses deste ano, a região de Campinas registrou um índice de chuvas menor que a média histórica nos últimos cinco anos. Somente em janeiro houve precipitação acima do esperado. O resultado é a recuperação mínima dos reservatórios.

Obras para aumentar captação

Ao anunciar o decreto, o Sanebavi também afirmou que iniciou nesta semana uma obra de ampliação da captação do rio Capivari, o que vai ampliar a capacidade de reservação de água bruta.

"Também foram realizadas manutenção e reativação dos poços profundos da cidade e em breve será construída a adutora do Bom Jardim", completa a nota. A administração municipal prometeu, ainda, construir dois novos reservatórios de água tratada.