24 horas depois, ainda não se sabe qual empresa irá assumir a gestão do Hospital Municipal Nossa Senhora do Monte Serrat

Abertura dos envelopes ocorreu na tarde desta terça-feira. Gestores da Saúde continuam reunidos analisando as propostas.

24 horas depois, ainda não se sabe qual empresa irá assumir a gestão do Hospital Municipal Nossa Senhora do Monte Serrat

Ontem, terça-feira, foi um dia tenso na politica saltense. Às 13h foi marcado a entrega dos envelopes das Organizações Sociais que foram convidadas pelo executivo para apresentarem propostas de gestão emergencial do Hospital Municipal Monte Serrat, porém, até o momento a vencedora com melhor proposta financeira e técnica ainda não foi definida. Os bastidores dão conta que ontem após a apresentação das propostas, membros da secretaria da Saúde juntamente com o chefe da pasta Márcio Conrado estiveram reunidos até tarde da noite e, agora pela manhã desta quarta-feira, 29, a reunião continua.

Diversos funcionários do hospital procuraram a reportagem do TERRATAVARES para demonstrarem suas preocupações com a nova escolha, já que estão em fim de aviso prévio por parte da O.S.Caminho de Damasco, entidade que ainda gerencia o hospital. Não se sabe nem os nomes das empresas convidadas pela prefeitura, somente se sabe que o Instituto Moriah e a Caminho de Damasco não participaram com propostas. Na sessão legislativa desta terça-feira, 28, que foi suspensa pelo presidente Cícero Landim, vários vereadores manifestaram suas insatisfaçõeso com o que chamaram de falta de transparência nesta escolha.